Cardeal Tagle aos fiéis: viver como Jesus, a partir do exemplo de Maria

Nesta segunda-feira, 13 de maio – dia dedicado a Nossa Senhora de Fátima -, o cardeal e arcebispo de Manila (Filipinas), Dom Antonio Tagle, presidiu a celebração solene da festa no Recinto de Oração em Fátima (Portugal). A homilia partiu do exemplo de vida de Nossa Senhora, e exortou os peregrinos a concretizar o Evangelho de Jesus em suas vidas.

Momentos antes da missa foi encerrada a primeira Peregrinação Internacional Aniversária de 2019, enquanto o andor de Nossa Senhora de Fátima percorria o local da celebração, em procissão, sob o olhar atento dos mais de 200 mil peregrinos presentes. Concelebraram a Missa 310 sacerdotes, 24 bispos e 3 cardeais, e participaram 202 grupos de peregrinos de 40 países diferentes.

“Após a celebração do Centenário das Aparições, o Santuário convida a reconhecer o tempo que estamos a viver como de graça e misericórdia, dons que Deus nos continua a oferecer aqui em Fátima, pelas mãos de Nossa Senhora. Neste ano, damos especialmente graças por peregrinarmos em Igreja, como povo santo de Deus, que reconhece, na Mãe de Jesus, o filho de Deus, a sua própria mãe espiritual”, ouviu-se no Recinto de Oração, entre dois cânticos marianos.

Fundamentando-se no Evangelho proclamado, que punha em destaque a bênção da maternidade divina de Nossa Senhora, o cardeal filipino realçou um outro aspecto da maternidade de Maria: a sua obediência, na fé, à palavra de Deus.

“A maternidade de Maria foi um ato de fé́, ao aceitar o convite de Deus para ser a mãe do Filho de Deus. Maria foi a serva obediente, cuja total entrega e disponibilidade a Deus fez dela a Mãe do Filho de Deus. A resposta de fé́ que Maria deu à palavra de Deus, pondo em prática essa fé́, tornou completa a bênção de Deus”, sublinhou Dom Antonio Tagle.

Ao apresentar Maria como “modelo que ensina a encontrar o caminho da verdadeira bênção”, o presidente da celebração alertou os peregrinos para o perigo das realidades que, no mundo de hoje, induzem à ideia errada de uma vida ‘abençoada’: o dinheiro, a moda, a influência e os bens materiais. O cardeal deixou um apelo aos pais e pessoas mais velhas, para que assumam com seriedade a responsabilidade de educar os filhos na fé.

Leia também
.: Pelo twitter, Papa lembra dia de Nossa Senhora de Fátima

Na conclusão, Dom Antonio Tagle reforçou o convite aos peregrinos para escutar o chamado de Deus como verdadeira bênção, através da escuta da Palavra e da concretização da vontade de Deus:

“Não há́ maior bênção do que ser chamado por Deus a servir Jesus, a fazer Jesus conhecido, amado e servido. Isto só́ acontecerá se, como Maria, estivermos atentos à Palavra de Deus, se recebermos Jesus na nossa vida e se vivermos como Jesus viveu”, afirmou o arcebispo de Manila.

Adoração e Bênção Eucarística

A maturidade de fé dos doentes e o alegre testemunho de fé dos peregrinos foram elogiados durante o momento de Adoração e Bênção Eucarística pela Irmã ngela Coelho, diretora da Fundação Francisco e Jacinta Marto. Aos doentes, a religiosa afirmou: “[Exemplo de] confiança em Deus, apesar das circunstâncias difíceis da vida”. A irmã assegurou aos doentes a intercessão de Lúcia de Jesus e dos Santos Pastorinhos, dos quais se assinalou, nesta peregrinação, o segundo aniversário da canonização.

Ao bispo de Leiria-Fátima coube a última palavra da Peregrinação Internacional Aniversária 2019. O cardeal António Marto agradeceu a presença do cardeal filipino e felicitou o alegre testemunho de fé dos peregrinos presentes:

“Embora vindos de diferentes latitudes, aqui fazemos a experiência de sermos um povo único que, com Maria, peregrina no caminho da esperança e da paz. E Maria, mostra-nos que essa bênção é cada um de nós, como pessoas singulares e também como povo que somos abençoados por Deus com o dom do Seu amor, da Sua ternura, da Sua misericórdia, da Sua luz, do Seu conforto e da Sua força, para regenerar a nossa fé”, afirmou o prelado.

Na habitual mensagem às crianças, o bispo de Leiria-Fátima deixou o convite para que participem da Peregrinação das Crianças ao Santuário de Fátima, que acontecerá no dia 10 de junho. A alocução do cardeal português terminou com uma Ave Maria pelo Papa Francisco, e com uma referência especial dirigida aos doentes presentes e uma mensagem nas cinco línguas do Santuário de Fátima.

Fonte : noticias.cancaonova.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *