Identidade do carismático é tema da última pregação do ENF 2015

Na manhã do domingo (24), Michelle Moran ministrou a sexta e última pregação da edição 2015 do ENF: “Se vivemos pelo Espírito, sejamos carismáticos”, tema que abordou a questão da identidade, não do Movimento, mas de cada carismático individualmente.

De início, Michelle avisou para que cada um se preparasse para o novo de Deus que viria a partir do ENF. Ela lembrou da fala do papa Bento XVI em 2008. O Santo Padre disse que um dos elementos positivos da RCC é a importância que dá aos carismas e dons do Espírito Santo.  “Ele nos disse que os méritos da RCC está em relembrar a Igreja da realidade dos dons. Acho que temos que levar essas palavras a sério. Nós estamos nos movendo pelos dons do Espírito Santo?”, questionou.

De acordo com a presidente do ICCRS, é preciso crescer no exercício dos carismas e cuidar para não se sentir confortável com a vida carismática. “Corremos o risco de institucionalizar os carismas. Às vezes, nos nossos Grupos são sempres as mesmas pessoas que profetizam toda semana. Temos que estar abertos para o crescimento dos carismas. Não podemos restringir”, alertou.

A pregadora também falou sobre a necessidade de se estar inserido na comunidade, formando assim, o Corpo da Igreja. Daí a importância de fortalecer os Grupos de Oração, que são onde os carismas são liberados e nutridos. “Tenho medo de que as pessoas parem de desejar os dons. Não se pode escolher. Você vai pregar, você vai ser do Ministério de Cura. Nós estamos distribuindo dons, mas é Deus quem distribui!”, chamou a atenção.

E ela seguiu sua exortação: “Amigos, não levem alguém para que um grande nome da RCC reze por ele. Reze você mesmo! Não escute somente profecias de pessoas famosas. Escute as que o Senhor diz a você. Deus não quer que sejamos seguidores de carismáticos famosos. Ele quer que sejamos 100% católicos e 100% carismáticos”.

Em seguida, Michelle convidou a todos para que iniciassem um momento de louvor, no qual Deus derramou seus dons sobre os participantes. Michelle confirmou que o Senhor estava dando um novo tempo, um novo lugar à Renovação Carismática Católica. “Nós não estamos mais no deserto. Receba as coisas novas para que você possa evangelizar onde for preciso. Vamos realmente acreditar que há uma nova unção”, finalizou.


Todas as notícias Eventos nacionais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *