Irmãs Franciscanas Missionárias de Maria comemoram 70 anos de presença na Diocese

Dom Vicente Costa presidiu na noite da última terça-feira, 17 de maio, missa em Ação de Graças pelos 70 anos de presença da Congregação das Irmãs Franciscanas Missionárias de Maria na Diocese de Jundiaí.

A celebração, que contou com a presença dos padres Adeilson Rodrigues dos Santos e João Luiz Dias, reuniu centenas de fiéis na Igreja de São Francisco de Assis, em Campo Limpo Paulista. Auxiliaram os diáconos permanentes Manoel Messias Silva e Paulo Morais de Oliveira.

Em sua homilia, Dom Vicente destacou a importância da missão e presença das religiosas em Campo Limpo Palista e na vida da Igreja fazendo uma comparação com a leitura da carta de São Tiago: “aproximai-vos de Deus e Ele se aproximará de vós”. Pediu ainda que a assembleia rezasse com ele uma oração em agradecimento ao serviço das irmãs na paróquia: “nós te agradecemos Senhor pela presença das irmãs em nossa comunidade”. Esta oração inclusive, foi a resposta das preces da celebração.

Colaboração: Pascom da Paróquia São Francisco de Assis

Irmãs comprometidas com a evangelização

Consagradas à missão universal, as religiosas do Instituto das Franciscanas Missionárias de Maria (IFMM) são enviadas em prioridade àqueles a quem Cristo não foi ainda revelado e àqueles entre os quais a Igreja está menos presente, com preferência pelos mais pobres. Não se limitam a uma obra específica, elas se comprometem em todas as atividades de evangelização onde são chamadas, cumprindo assim sua função profética seguindo os passos de Francisco de Assis e com a atitude de serviço e abertura de Maria.

Na Diocese de Jundiaí elas estão presentes em Campo Limpo Paulista, desde 1945, na Comunidade Nossa Senhora do Caminho. Hoje, trabalham num projeto com mulheres, acolhem diversos grupos na Casa de Retiro Monte Alverne, animam Grupos de Rua, fazem visitas domiciliares e acompanham um grupo de leigos com a finalidade de ajudá-los na vivência cristã, no compromisso missionário em suas comunidades e no amor pela natureza.

Na casa das Irmãs Franciscanas Missionárias de Maria, em Campo Limpo Paulista, já passaram em missão 53 irmãs. Atualmente encontram-se em missão na casa as irmãs Irene Aramuni, Florentina Umemura e Heide Thaís Silva Monteiro e uma aspirante, Louise Souza.
Participaram ainda da celebração as irmãs Ana Ruiz e Francisca Soriano que vieram da missão no Paraná e Roberta Santos que veio da casa provincial.

O IFMM nasceu em 6 de janeiro em 1877, Festa da Epifania, na cidade de Ootacamund, na Índia, por inspiração de Maria da Paixão, onde no início deste ano aconteceu o Capítulo Geral, pela primeira vez, fora de Roma.

As religiosas estão espalhadas pelos cinco continentes, em 76 países, num total de 6.966 irmãs de 80 nacionalidades. No Brasil, as primeiras religiosas chegaram em 1925 no Amazonas. Para melhor responder aos apelos da missão, recentemente passaram por um processo longo de reestruturação que culminou com a unificação das duas províncias no Brasil, Norte e Sul, dando origem à “Província Nossa Senhora Aparecida”, sob a coordenação da irmã Nilda Munis da Costa.

A formação das noviças acontece em Quito, no Equador, porque o noviciado é interprovincial, para a América Latina. A jovem que se sentir atraída pelo Carisma e que desejar conhecer a congregação entre em contato pelos telefones (11) 5589-4039, em São Paulo (SP), (11) 4039-1480, em Campo Limpo Paulista (SP).

Mais informações no site: www.fmm.org

Fonte : www.dj.org.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *