Padre brasileiro é o anfitrião do Papa no retiro quaresmal

Eleito recentemente como Superior Geral dos paulinos, padre Valdir José de Castro recepciona o Santo Padre no recanto da família paulina na Itália

Da Redação, com Rádio Vaticano

Esta segunda-feira, 23, é o segundo dia dos exercícios espirituais para o Papa e a Cúria Romana, iniciados neste domingo, 22. Em Ariccia, cidade localizada nos arredores de Roma, Francisco é acolhido na Casa Divino Mestre, recanto da Família Paulina na Itália. O anfitrião do Papa é o padre brasileiro Valdir José de Castro, recém-eleito Superior da Pia Sociedade de São Paulo.

Nós estamos muito contentes em acolher o Papa Francisco na nossa casa de retiro em Ariccia. Há pouco, nós terminamos o X Capítulo Geral, onde tivemos muito presente a Exortação Apostólica do Papa, a Evangelii Gaudium. E a presença do Papa na nossa casa é uma confirmação dessa alegria que temos de ter também esta Exortação como uma guia segura e muito atual para a nossa evangelização com os meios de comunicação social”, contou padre Valdir.

Neste segundo dia de reflexões, o tema da meditação é “Caminhos de autenticidade”, dividida em duas sessões. Pela manhã, refletiu-se sobre a temática “Vai rumo ao Oriente, esconde-te: regressar às raízes”. Na parte da tarde, as meditações serão sobre o tema “Expor-se: não à ambiguidade e sim à coragem”.

Com o retiro do Papa, as missas matutinas na Casa Santa Marta estão suspensas a partir desta segunda-feira, 23, até o dia 1º de março. A partir do dia 2 até o dia 29 de março, as celebrações serão realizadas na segunda, terça e quinta-feira. Quarta-feira não há a Santa Missa em virtude da catequese e, na sexta, serão realizadas as pregações de Quaresma.

Também em virtude do retiro quaresmal, todas as audiências privadas e especiais com o Santo Padre estão suspensas, incluindo a tradicional catequese de quarta-feira na Praça São Pedro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *