Papa pede a militares e polícias que sejam semeadores de paz

Neste sábado, 30, na audiência jubilar, o Papa Francisco pronunciou uma mensagem especial para os milhares de militares, polícias e familiares de todo o mundo presentes no Vaticano.

“Com alegria dou as boas-vindas aos representantes das forças armadas e das polícias, provenientes de tantas partes do mundo, vindos em peregrinação a Roma por ocasião do Jubileu Extraordinário da Misericórdia.”

O Papa diz que as forças da ordem, militares e polícia, têm por missão garantir um ambiente seguro, por forma que cada cidadão possa viver em paz e serenidade.

“Nas vossas famílias, nos vários âmbitos em que operais, sede instrumentos de reconciliação, construtores de pontes e semeadores de paz. Sede, com efeito, chamados não só a prevenir, gerir, ou pôr fim aos conflitos, mas também a contribuir para a construção de uma ordem fundada na verdade, na justiça, no amor e na liberdade, segundo a definição de paz de São João XXIII, na Encíclica Pacem in Terris.”

O Pontífice observa ainda que a afirmação da paz não é empresa fácil, sobretudo por causa da guerra, que torna áridos os corações e junta violência e ódio.

“Exorto-vos a não desencorajar-vos. Prossigam o vosso caminho de fé e abri os vossos corações a Deus Pai misericordioso que não se cansa nunca de perdoar-nos. Perante os desafios de cada dia, fazei resplandecer a esperança cristã, que é certeza da vitória do amor sobre o ódio e da paz sobre a guerra”, conclui Francisco, concedendo sua bênção.

Fonte : papa.cancaonova.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *