Superior dos salesianos renova apelo por padre sequestrado no Iêmen

O reitor-mor dos Salesianos, o padre espanhol Ángel Fernández Artime, lançou na última quinta-feira, 28 de abril, um novo apelo pela libertação do sacerdote salesiano indiano Tom Uzhunnalil, sequestrado no Iêmen no mês de março em uma casa de idosos. Na ocasião, foram mortas 16 pessoas, entre as quais quatro monjas Missionárias da Caridade, trabalhadoras do centro. Segundo precisou, a Congregação, não há nenhuma noticia oficial do paradeiro do sacerdote.

“Fazemos um chamado de misericórdia pedindo a libertação de nosso irmão salesiano que foi ao Iêmen servir a população e trabalhar tentando fazer o bem. Por favor, não façam mal a ele e libertem-no”, pediu padre Artime no Colégio dos Salesianos de Atocha, primeira etapa de sua viagem à Espanha como reitor-mor.

Além disso, padre Artime recordou todas as vítimas do ataque à residência no Iêmen e todas as pessoas que se encontram prisioneiras devido à sua fé. “Temos que fazer, como Igreja, um clamor permanente para pedir o respeito à vida de todas as pessoas”, defendeu.

Após recitar a Oração do Regina Coeli no domingo, 10 de abril, o Papa Francisco havia lançado um veemente apelo pela libertação de todas as pessoas sequestradas em zonas de conflito. “Na esperança a nós doada por Cristo ressuscitado, renovo o meu apelo pela libertação de todas as pessoas sequestradas em zonas de conflito armado; em particular desejo recordar o sacerdote salesiano Tom Uzhunnalil, sequestrado em Aden, no Iêmen, em 4 de março passado”.

Fonte : noticias.cancaonova.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *