Usar nome de Deus para justificar violência é blasfêmia, diz Papa

Após a oração mariana do Angelus deste domingo, 15, o Papa Francisco voltou a manifestar seu pesar pelos atentados terroristas na França, ocorridos na última sexta-feira, 13.

Francisco expressou suas condolências fraternas ao presidente, Francois Hollande, aos cidadãos franceses e a todas as famílias das vítimas do atentado.

O Papa disse que tanta “barbárie” deixa a todos chocados e questionados sobre como é possível o coração humano conceber tanto horror, que abalou não somente a França, mas, o mundo inteiro.

“Diante de tais atos, não se pode deixar de condenar a inqualificável afronta à dignidade da pessoa humana. Quero reafirmar com veemência que o caminho da violência e do ódio não resolve os problemas da humanidade e que utilizar o nome de Deus para justificar esse caminho é uma blasfêmia!”

Francisco convidou todos os presentes na Praça São Pedro a unirem-se a ele em oração confiando todas as vítimas desta tragédia à misericórdia de Deus.

Por fim, o Papa pediu a Virgem Maria, que inspire nos corações de todos pensamentos de sabedoria e paz, rezou uns instantes em silêncio com os peregrinos e, depois, uma ave-maria.

Fonte : papa.cancaonova.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *