X CONGRESSO DIOCESANO :Chamados a intimidade com Deus.

Na manhã do último  sábado (14/04),  após a Santa Missa de abertura , Marcelo Marangon, secretário geral da RCC/SP ministrou no Congresso Diocesano da  RCC Jundiaí/SP. Em sua primeira pregação, ele iniciou destacando a importância dos congressos e fez comparação como uma espécie de bússola que possui os pontos cardeais sempre procurando a direção norte, assim a bíblia é a bússola em sua vida.

Marcelo explicou que de tempos em tempos, o Espírito Santo se manifesta ao povo dando uma palavra como norte em sua vida, direcionando e vindo como auxílio em momentos que nos perdemos do caminho a Jesus.

Logo depois, ele destacou o entendimento para a palavra vocação como algo que Deus faz um chamado para algo específico que fará parte em toda vida, enquanto que a palavra convocação se trata de um período para estar na coordenação em qualquer instância.

O pregador enfatizou que precisamos estar de prontidão para quando formos convidados, responder o chamado do Senhor. O congresso tem como intuito fortalecer todos os servos do grupo de oração para estar atentos à voz do Senhor e cumprir sua vontade.

Foi meditado o texto de Apocalípse  3,20  , sobre a carta de Laodicéia. “Essa cidade ficava ao lado do mar e se expandiu em torno dos portos, desenvolvendo principalmente no comércio. A população tinha muitos bens materiais e havia aí uma igreja para praticar a fé, mas faziam apenas como se fosse um compromisso sem amor, isto porque eles haviam esquecido que a igreja é o local da escuta ao Senhor, lembrou .

Durante a pregação, Marcelo disse que tem visto nos grupos de oração, servos que fazem desse lugar como um compromisso, mas não vivem o relacionamento fraterno entre irmãos e destaca a importância do grupo de oração como o lugar do encontro e intimidade com Deus.

“O grupo de oração é lugar de maturidade espiritual, é preciso buscar ao Senhor e se despojar do homem velho para ter uma intimidade divina a partir do amor ao Senhor. A intimidade divina começa quando temos relacionamento com o Senhor, uma vida de oração constante, porque o grupo de oração não é um banco de oração que vamos uma vez à semana para buscar, mas é necessário viver a prática espiritual diária’, explicou.

O pregador, alerta que precisamos ouvir qual a vontade de Deus em nossas vidas e para o grupo de oração. “A RCC é um movimento do Espírito Santo e devemos andar segundo os desígnios do Senhor, fazer somente a vontade de Deus. Ser servos maduros na fé e não ter medo de ir ao encontro do irmão e amar mesmo diante das nossas imperfeições”.

“No íntimo do coração guardamos muitas coisas e não permitimos ninguém saber, deixemos Jesus entrar em nosso coração e curar nossa vida. Precisamos tomar uma decisão verdadeira e ser íntimos de Jesus para viver uma vida nova. Jesus ama você!”

(TRANSCRIÇÃO :  MCS-MINISTÉRIO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL).

 

CONFIRA AS FOTOS DO NOSSO X CONGRESSO DIOCESANO :www.rccjundiai.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Uma tecnologia: